terça-feira, 4 de Maio de 2010

Deficit de Atenção e Hiperactividade


O Transtorno de Deficit de Atenção e Hiperactividade (TDAH) é uma condição neurobiológica e caracteriza-se por uma diminuída capacidade de atenção, impulsividade e hiperactividade, de acordo com o DSM-IV-TR, afectando crianças, adolescentes e adultos.

Alguns critérios de diagnóstico são apresentados seguidamente:

• Critérios de Desatenção: falta de atenção relativamente a detalhes e cometem erros por omissão nas actividades escolares, no trabalho e/ou outras; dificuldade para sustentar a atenção nas tarefas; não atendem quando lhes dirigem a palavra; não seguem instruções e não terminam os trabalhos escolares, as tarefas domésticas ou profissionais; tem dificuldade para organizar tarefas e actividade; facilmente distraem-se devido a estímulos alheios à sua tarefa e por vezes, esquecem-se das actividades diárias.

• Critérios de Hiperactividade: constantes movimentos das mãos e dos pés; tem dificuldade em brincar ou incluem-se silenciosamente em actividades de lazer e frequentemente falam em demasia.

• Critérios de Impulsividade: dão respostas precipitadas antes de serem completamente as perguntas; tem dificuldade em respeitar a sua vez; e interrompem ou interferem em assuntos que não lhes competem.

• Critérios Gerais: alguns dos sintomas de desatenção ou hiperactividade – impulsividade estão presentes antes dos sete anos de idade; presença de seis ou mais sintomas de desatenção e/ou seis ou mais sintomas de hiperactividade – impulsividade, que persistiram no mínimo por seis meses; algum comprometimento causado pelos sintomas deve estar presente em dois ou mais contextos (por exemplo, na escola, no trabalho, em casa); e deve haver uma clara evidência de distúrbio significativo no desenvolvimento social, académico ou ocupacional.

Sem comentários:

Enviar um comentário